Ação, Ações, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Opções

Mural de noticias da Alpha Fintec

Reuters: Ibovespa não sustenta alta e Fed ajuda a puxar o índice para baixo
O mercado de ações doméstico fechou em queda nesta quarta-feira, com os investidores analisando a decisão do Fed de elevar a taxa de juros dos Estados Unidos. Além disso, o cenário político interno, com a campanha presidencial ainda sem um candidato de centro em destaque, também seguiu influenciando o comportamento. O dia também foi de vencimento de opções sobre o índice Bovespa e do índice futuros. Ao final, o Ibovespa fechou em queda de 0,87% aos 72.122 pontos. O giro financeiro ficou em R$33,81 bilhões.

O mercado de ações doméstico fechou em queda nesta quarta-feira, com os investidores analisando a decisão do Federal Reserve, que elevou a taxa de juros dos Estados Unidos. Além disso, o cenário político interno, com a campanha presidencial ainda sem um candidato de centro em destaque, também seguiu influenciando o comportamento. O dia também foi de vencimento de opções sobre o índice Bovespa e do índice futuros.

Ao final, o Ibovespa fechou em queda de 0,87% aos 72.122 pontos. O giro financeiro ficou em R$33,81 bilhões.

“O clima político e a decisão do Fed ajudaram a tirar o apetite do investidor. Porém, o que pesou muito foi o comunicado, que já sinaliza mais altas ao longo desse ano e de 2019. Os Estados Unidos suportam uma alta de 6%, mas isso não vale para os emergentes e, principalmente, para o Brasil”, disse um analista.

Exercício de opções

O exercício de opções sobre o Índice Bovespa (Ibovespa) movimentou, hoje, R$ 12.115.430.000,00, com 150.310 contratos negociados. Do volume de operações exercidas, R$ 134.450.000,00 referem-se a opções de compra e R$ 11.980.980.000,00 a opções de venda.