A??o, A??es, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Op??es

Mural de noticias da Alpha Fintec

Exame: Ibovespa avança com ajuda de mercado americano
O Ibovespa subiu nesta terça-feira, 12, e voltou a encostar na marca dos 124.000 pontos após cair quase 1,5% na véspera. A ausência de notícias negativas manteve o índice em terreno positivo, e o Ibovespa encerrou o pregão em alta de 0,60%, aos 123.998 pontos. O volume financeiro negociado foi de 33,547 bilhões de reais.

O Ibovespa subiu nesta terça-feira, 12, e voltou a encostar na marca dos 124.000 pontos após cair quase 1,5% na véspera. A ausência de notícias negativas manteve o índice em terreno positivo, e o Ibovespa encerrou o pregão em alta de 0,60%, aos 123.998 pontos. O volume financeiro negociado foi de 33,547 bilhões de reais.

As ações de Embraer (EMBR3), Rumo (RAIL3) e Cyrela (CYRE3) lideram as altas. Nos destaques negativos, estiveram NotreDame Intermédica (GNDI3) e Hapvida (HAPV3), cujas ações tiveram um dia de realização de lucros depois de subirem 40% e 28%, respectivamente, nos dois pregões anteriores com o anúncio de negociação de uma fusão entre as duas companhias.

O destaque negativo ficou com as empresas ligadas ao minério de ferro e ao petróleo, o que eu vejo como um movimento de realização de lucros de curto prazo”, avalia Rafael Panonko, analista chefe da Toro Investimentos. A Gerdau (GGBR4) recuou 2,69%, a Vale (VALE3) caiu 2,19%, e a Petrobras (PETR3; PETR4) teve perdas de 0,19% e 0,16% respectivamente.