Ação, Ações, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Opções
Os IRF 9 e 21 bem como o estocástico de 200 dias são sinais de alarme. Quando atingirem seus limites conceituais, patrulhe os volumes!
  11/12/2018 - 23:25 Login: Senha: Esqueceu a senha? 
Indique este site para um amigo:
Seu e-mail:
e-mail do amigo:
Mural da Alpha Fintec

Page 293 of 483

Data Título Resumo
02/04/2015 Infomoney: Rumo dispara 20% e Petrobras salta 5%
As ações da Rumo Logística, em seu segundo dia de negociação na Bolsa, ganham destaque no pregão desta quinta-feira, último antes do feriado que deixará a Bovespa fechada até segunda-feira. A companhia anunciou mudanças em seu alta escalão, puxando seus papéis para disparada de 23,53% na máxima do dia. As ações da Petrobras voltam a subir forte hoje, assim como os bancos Itaú Unibanco, Bradesco e Banco do Brasil.
02/04/2015 Infomoney: BTG Recomenda ação fora do radar
O BTG Pactual divulgou relatório em que recomenda compra para os papéis da Hering (HGTX3) e eleva o preço-alvo do papel para R$ 26,00 para os próximos 12 meses – o que totaliza um potencial de valorização de 56,44% em relação ao fechamento do dia 27 de março de 2015. Um dos principais pontos positivos destacados pelos analistas é o elevado dividend yield da ação, que chega a 8,1 por cento em uma estimativa para 2015.
01/04/2015 Reuters: Brasil tem superavit comercial de US$ 458 mi em março
A balança comercial brasileira registrou superavit de US$ 458 milhões em março, no primeiro resultado positivo do ano, beneficiada pela queda das importações em ritmo superior ao das exportações. A cifra ficou acima do superavit de US$ 118 milhões alcançado em igual período do ano passado, também superando as expectativas do mercado, a mediana das estimativas apontava deficit de US$ 400 milhões para o mês.
01/04/2015 UOL: Bolsa volta aos 52 mil pontos; Petrobras salta 5%
As ações da Petrobras puxaram a alta do Ibovespa nesta quarta-feira. O índice subiu 2,29%, a 52.321,76 pontos. É o maior valor de fechamento desde 28 de novembro do ano passado, quando a Bolsa encerrou a 54.664,36 pontos. A alta foi influenciada por expectativas sobre a divulgação do balanço da Petrobrás. A presidente Dilma Rousseff disse na véspera que o balanço auditado será publicado ainda neste mês.
31/03/2015 UOL: Gol tem prejuízo de R$ 631 mi no 4º tri
A Gol (GOLL4) teve prejuízo líquido acima do esperado no quarto trimestre, sob impacto da variação cambial e perdas com derivativos. No fechado do ano, o prejuízo da Gol chegou a R$ 1,1 bilhão, ante prejuízo de R$ 724,6 milhões em 2013. A receita líquida da Gol no quarto trimestre ficou praticamente estável ante 2013, com leve alta de 0,1%, a R$ 2,729 bilhões. Os custos e despesas operacionais caíram 0,3%, para R$ 2,558 bilhões.
30/03/2015 Exame: Ativos começam a baratear no Brasil, diz CEO do JPMorgan
Com a perda de quase um terço do valor do real desde 1º de setembro e as ações em baixa de 15 por cento no Brasil, alguns investidores estão aproveitando oportunidades, segundo o JPMorgan Chase Co. “Vejo as pessoas começando a procurar barganhas, comprando devagar no mercado de ações”, disse José Berenguer, CEO da firma no Brasil, em entrevista recente.
30/03/2015 Valor: Cesp reverte prejuízo e tem lucro de R$ 560 milhões em 2014
A venda de energia excedente no mercado de curto prazo beneficiou o resultado da Cesp em 2014. No ano passado, a estatal elétrica teve lucro de R$ 560 milhões, revertendo as perdas de R$ 195 milhões verificadas um ano antes. A receita líquida cresceu 24,4% na mesma base de comparação, para R$ 4,85 bilhões. Os custos cresceram em menor proporção, levando o lucro bruto a um avanço de 40,4%, para R$ 3,58 bilhões
30/03/2015 Exame: Ações da ALL serão negociadas em bolsa até 31/3
A ação da ALL será negociada na BM&FBovespa até 31 de março, sendo depois substituída pelos papéis da Rumo, dando continuidade ao processo de união entre as companhias. A relação de substituição é de 2,879303067 ações da Rumo para cada uma ação ordinária da ALL. Dessa forma, serão emitidas 1.963.670.770 ações ordinárias da Rumo, representando 65,67% do capital da empresa.
30/03/2015 Ag Brasil: Eletrobras tem prejuízo 51% menor do que em 2013
A Eletrobras fechou 2014 com resultado negativo de R$ 3 bilhões. Apesar das perdas, o prejuízo é 51% menor que o de 2013, quando as perdas foram de R$ 6,1 bilhões. Os dados divulgados indicam que as principais causas dos prejuízos foram o custo da energia comprada para revenda (R$ 9,9 bilhões), a provisão para contingências judiciais (R$ 3,2 bilhões) e a baixa de crédito fiscal (R$ 1,7 bilhão).
27/03/2015 Exame: Qualicorp reverte prejuízo e tem lucro recorrente de R$19 mi
A administradora de planos de saúde Qualicorp teve lucro líquido recorrente de 19 milhões de reais no quarto trimestre, frente a prejuízo de 41,2 milhões de reais no mesmo período do ano anterior, informou nesta quinta-feira. A receita líquida recorrente foi de 393,9 milhões de reais, avanço de 18 por cento na comparação anual. O Ebitda recorrente foi de 130,8 milhões de reais, avanço de 6,8 por cento ano contra ano.
27/03/2015 UOL: A economia brasileira cresce 0,1% em 2014
O PIB brasileiro fechou o ano em leve alta de 0,1%. O resultado de 2014 ficou abaixo do PIB de 2013 (que foi revisado para alta de 2,7%), mas superou a expectativa de analistas, que contavam com um resultado nulo. Só no quarto trimestre de 2014, a economia brasileira teve queda de 0,2% na comparação com o mesmo período de 2013, mas subiu 0,3% em relação ao terceiro trimestre.
27/03/2015 Exame: Eneva tem prejuízo líquido de R$ 1,3 bi no 4º trimestre
A Eneva,ex MPX, registrou prejuízo líquido de R$ 1,362 bilhão no quarto trimestre de 2014, montante 386% maior que o resultado negativo de R$ 280,3 milhões verificado no mesmo período do ano anterior. Em todo o ano de 2014, o prejuízo líquido alcançou R$ 1,517 bilhão, alta de 61% sobre 2013. O Ebitda foi de R$ 83,8 milhões negativos de outubro a dezembro do ano passado, ante Ebitda positivo de R$ 76,3 milhões registrado um ano antes.
[<< Prev] 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281 282 283 284 285 286 287 288 289 290 291 292 293 294 295 296 297 298 299 300 301 302 303 304 305 306 307 308 309 310 311 312 313 314 315 316 317 318 319 320 321 322 323 324 325 326 327 328 329 330 331 332 333 334 335 336 337 338 339 340 341 342 343 344 345 346 347 348 349 350 351 352 353 354 355 356 357 358 359 360 361 362 363 364 365 366 367 368 369 370 371 372 373 374 375 376 377 378 379 380 381 382 383 384 385 386 387 388 389 390 391 392 393 394 395 396 397 398 399 400 401 402 403 404 405 406 407 408 409 410 411 412 413 414 415 416 417 418 419 420 421 422 423 424 425 426 427 428 429 430 431 432 433 434 435 436 437 438 439 440 441 442 443 444 445 446 447 448 449 450 451 452 453 454 455 456 457 458 459 460 461 462 463 464 465 466 467 468 469 470 471 472 473 474 475 476 477 478 479 480 481 482 483 [Next >>]

 

 

 

 

Consulta Ação:
 
Renovação de assinatura
Acesso à Bovespa
no curto prazo Via MACD