Ação, Ações, Stocks, Bovespa, Mercado Financeiro, Opções
A Alpha Fintec agradece a todos os investidores que nos honraram com uma visita em nossa home page e que permitiram que atingíssemos a marca de 4 milhões de pageview
  18/11/2017 - 21:12 Login: Senha: Esqueceu a senha? 
Indique este site para um amigo:
Seu e-mail:
e-mail do amigo:
Mural da Alpha Fintec

Page 384 of 498

Data Título Resumo
28/01/2013 UOL: Preço da gasolina afeta ações da Petrobras
Para os investidores em ações da Petrobras (PETR3 e PETR4), há uma boa e uma má notícia, de acordo com a visão dos analistas do setor financeiro. A boa notícia é que a empresa continua sendo uma aposta do mercado para o longo prazo, mirando nas gigantescas reservas do pré-sal. A má notícia é que, no curto prazo, dificilmente o papel vai deixar para trás o pobre desempenho visto nos últimos anos.
28/01/2013 Reuters: JPMorgan altera preço-alvo da Petrobras
Analistas do JPMorgan alteraram o preço da Petrobras negociados no Brasil e nos EUA e cortaram as estimativas de lucros para a petrolífera estatal, diante importações maiores que o esperado e expectativas pequeno aumento de preços de gasolina no mercado local. Carvalhal e sua equipe cortaram a projeção para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização.
28/01/2013 Valor: Economia brasileira cresceu 0,3% em novembro
A economia brasileira cresceu 0,3% em novembro do ano passado, ante outubro, já descontadas as influências sazonais, de acordo com o Indicador de Atividade Econômica da Serasa Experian, divulgado nesta segunda-feira. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a expansão foi de 1,2%. Tanto no acumulado do ano quanto em 12 meses, houve expansão de 0,9%.
24/01/2013 EFE: Brasil e UE concordam que economia mundial está melhor
O Brasil e a UE concordaram que a perspectiva para a economia internacional é melhor hoje do que há um ano, apesar da crise permanecer, afirmou a presidente Dilma após analisar a conjuntura mundial com as principais autoridades europeias. A governante afirmou que a crise internacional foi o principal tema de discussão durante a Sexta Cúpula União Europeia-Brasil, realizada hoje em Brasília, assim como foi no encontro do ano passado em Bruxelas.
24/01/2013 Folha: Tarifa menor vai 'reindustrializar' o país, diz Fiesp
A Fiesp afirma que a redução do valor da tarifa de energia elétrica, anunciada pelo governo, tem a capacidade de ajudar o país a se "reindustrializar". "Para a indústria, energia elétrica tem o mesmo peso que o câmbio e a taxa de juros. A valorização do câmbio e a redução da Selic, somadas à queda da tarifa de energia, vão ajudar a reindustrializar o país", afirma Carlos Antônio Cavalcanti, diretor de infraestrutura da Fiesp.
24/01/2013 UOL: BC prevê reajuste de 5% no preço da gasolina
O BC prevê uma alta de 5% no preço da gasolina este ano, segundo a ata da última reunião do Copom. Se confirmado, o reajuste seria menor que a defasagem de 7% no preço da gasolina calculado pelo governo. O governo federal ainda não confirmou o percentual do reajuste, mas autorizou o aumento na mistura de etanol na gasolina, de 20% para 25%, como forma de segurar o preço do combustível.
24/01/2013 Reuters: Confiança do consumidor recua 0,7%
O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da FGV (Fundação Getulio Vargas) recuou 0,7% em janeiro na comparação com dezembro, ao passar de 118,7 pontos para 117,9 pontos, segundo informou a FGV nesta quinta-feira (24). A proporção de consumidores avaliando a situação financeira atual como boa diminuiu de 24,3% para 22,2%. Já os que julgaram o cenário como ruim cresceu de 21,9%, para 24,2%.
23/01/2013 Reuters: Prévias de construtoras atestam desaceleração do setor
Após uma rodada de revisões de projetos para ajustar custos, as construtoras e incorporadoras consolidaram no quarto trimestre de 2012 um ano marcado por redução do tamanho das operações, em meio à combinação de menos lançamentos e cenário econômico mais fraco. "A Gafisa foi a surpresa positiva, com forte desempenho em lançamentos e geração de caixa", disse o analista Guilherme Rocha, do Credit Suisse.
23/01/2013 Folha: Estrangeiros pisam no freio e investem menos no Brasil
Projeções do IIF (Institute of International Finance), entidade que reúne mais de 470 instituições financeiras no mundo, estimam que o fluxo de recursos estrangeiros para o Brasil tenha se reduzido no ano passado. Segundo o relatório "Capital Flows to Emerging Market Economies" (Fluxos de Capitais para Economias Emergentes), divulgado ontem, a colocação e a retirada de barreiras reduziu os fluxos de capital para o país e criou incertezas entre os investidores.
23/01/2013 UOL: FMI reduz estimativa de PIB do Brasil para 1%
O FMI (Fundo Monetário Internacional) rebaixou a previsão de crescimento da economia brasileira para 1% em 2012, após uma estimativa feita em outubro de crescimento de 1,5%. Para 2013, o FMI projeta um crescimento de 3,5% do PIB (Produto Interno Bruto), e de 4%, em 2014. O crescimento previsto para o Brasil ficou abaixo do nível esperado pelo FMI para os países emergentes e em desenvolvimento, que deverá ser de 5,5%, neste ano, e de 5,9% em 2014.
23/01/2013 EFE: Economia espanhola caiu 1,3% em 2012
A economia espanhola caiu 1,3% em 2012, especialmente devido ao fato de nos últimos três meses do ano a recessão ter se intensificado, e o PIB, retrocedido 0,6% em relação ao trimestre anterior, segundo o Banco da Espanha. Em seu último boletim econômico mensal, a instituição informou que a queda do Produto Interno Bruto (PIB) se deve a uma contração da demanda nacional mais acentuada que a do ano anterior, tanto em consumo como em investimento.
22/01/2013 Valor: Ação da Petrobras entra no foco de curto prazo
A crescente expectativa de que o governo possa autorizar ainda neste 1T um reajuste dos preços da gasolina e do diesel pôs os papéis da Petrobras novamente no radar de analistas. Para os especialistas, o aumento pode trazer um alívio imediato ao caixa da companhia, castigado pela defasagem entre os preços no mercado externo e o interno - ou seja, entre os valores que a Petrobras desembolsa para importar gasolina e diesel e a receita que obtém ao vender o combustível nos postos brasileiros.
[<< Prev] 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281 282 283 284 285 286 287 288 289 290 291 292 293 294 295 296 297 298 299 300 301 302 303 304 305 306 307 308 309 310 311 312 313 314 315 316 317 318 319 320 321 322 323 324 325 326 327 328 329 330 331 332 333 334 335 336 337 338 339 340 341 342 343 344 345 346 347 348 349 350 351 352 353 354 355 356 357 358 359 360 361 362 363 364 365 366 367 368 369 370 371 372 373 374 375 376 377 378 379 380 381 382 383 384 385 386 387 388 389 390 391 392 393 394 395 396 397 398 399 400 401 402 403 404 405 406 407 408 409 410 411 412 413 414 415 416 417 418 419 420 421 422 423 424 425 426 427 428 429 430 431 432 433 434 435 436 437 438 439 440 441 442 443 444 445 446 447 448 449 450 451 452 453 454 455 456 457 458 459 460 461 462 463 464 465 466 467 468 469 470 471 472 473 474 475 476 477 478 479 480 481 482 483 484 485 486 487 488 489 490 491 492 493 494 495 496 497 498 [Next >>]

 

 

 

 

Consulta Ação:
Assine a Alpha Fintec
Renovação de assinatura
Acesso à Bovespa
no curto prazo Via MACD